Caçadorense empata fora e segue com chances

Ótimo resultado deixa o Tricolor vivo na competição


Jogando em Brusque, depois de quase 7 horas de viajem, contra a equipe mais antiga de SC, o Carlos Renaux, os meninos do Tricolor superaram as adversidades e conseguiram um excelente resultado, que deixa a equipe viva na competição em busca da vaga na semifinal.


No jogo, a Caçadorense veio com uma proposta de jogo mais defensiva, e começou executando muito bem, tanto que conseguiu manter a segurança atrás e chegar com perigo. Mas em um descuido ainda na primeira etapa, acabou cometendo pênalti, que foi convertido pelo Carlos Renaux.




O jogo foi muito pegado, em especial na primeira etapa, e pra infelicidade do Tricolor, o jogador Matheus Lino levou a pior numa dividida com o jogador adversário e teve que ser retirado de campo e levado ao hospital ainda no início do jogo. Já no fim da primeira etapa os donos da casa tiveram um jogador expulso.


Entrando na segunda etapa, logo aos 5 minutos, Baiano invadiu a área e foi derrubado, pênalti para a Caçadorense, ele mesmo cobrou muito bem e guardou, empatando a partida. Depois disso o Tricolor até tentou, mas ficou no empate mesmo.



Com esse excelente resultado as chances de se classificar ainda segue vivas. Agora no próximo sábado, a Caçadorense enfrenta a equipe do Porto, precisando a todo custo da vitória e desde já convidamos a todos para nos apoiar no Caldeirão da Baixada, às 15 horas.


Fotos: Rodrigo Souza | Level Comunicação | Reprodução Facebook do Clube Atlético Carlos Renaux