Caldeirão da Baixada promete ferver neste feriado

Caçador x Concórdia

A notícia que movimentou a cidade de Caçador nesta terça feira de que o Tricolor não poderia jogar em casa encerrou-se no inicio da mesma noite de e o Caçador Atlético Clube vai jogar diante da torcida na próxima quinta-feira, 30, às 16h. Uma reunião no início da noite desta terça-feira, 28, confirmou a realização do jogo contra o Concórdia, pela 2ª rodada do Campeonato Catarinense da Divisão Especial, no estádio Carlos Alberto da Costa Neves, que até então não havia sido liberado.

Na ocasião foi assinado um termo de ajustamento de conduta entre o Ministério Público, o clube e a Prefeitura de Caçador. O prazo é de 30 dias e assim o Tricolor do Contestado poderá contar com o apoio da torcida em todos os jogos do 1º turno. Neste período a Prefeitura se comprometeu em sanar as pendências que até então impediam a utilização do Estádio em jogos oficiais.

Participaram do encontro o promotor Júlio Fumo, da 3ª Promotoria de Caçador, o Major Julio Cesar Pozo da Fonseca do 15º Batalhão da PMSC, o presidente do Caçador, Denílson Araújo, o assessor jurídico do clube Ricardo Shultz e a procuradora da Prefeitura, Roselaine Périco.
Segundo Shultz, os laudos enviados pela Prefeitura estavam em desconformidade com a portaria 238 de 2010, do Ministério dos Esportes. Com isso, a Polícia Militar não havia dado aval para liberar o estádio, situação esta que resolvida provisoriamente por 30 dias.

Já o Presidente do Clube disse “isso só aconteceu graças à muito empenho e entendimento dos poderes constituídos e com o conhecimento da FCF, saímos da reunião temporariamente aliviados, mas já na próxima semana vamos dar ponto final e resolver os pequenos detalhes dos laudos que ficaram incompletos e enviar aos órgãos competentes, já temos também a confirmação do nosso Prefeito Beto que nos próximos dias serão feitos alguns ajustes e reparos na iluminação do municipal, visto que teremos jogos a noite no meio de semana. Mas agora é contar com o torcedor e o time nos dar de presente uma grande vitória para premiar esse esforço conjunto” concluiu Denilson Araújo.

Caçador x Concórdia
2ª Divisão do Catarinense
2ª rodada
Quinta-feira dia 30 – 16H
Ingresso R$ 20. Estudantes com carteirinha pagam meia
Estádio Municipal Carlos Alberto da Costa Neves

Arbitragem:
Arbitro Clodoaldo Jusviack
Auxiliar 1: Antonio Lourival da Luz
Auxiliar 2: Thomas Miller da Silva Marcos

Estadio Municipal de Caçador Dr Carlos Alberto da Costa Neves

Estadio Municipal de Caçador Dr Carlos Alberto da Costa Neves

Promessa de estádio cheio domingo na final da divisão de acesso

Caçador Atlético Clube X S.C Jaraguá fazem o primeiro jogo da decisão

Neste domingo todos os caminhos levam o torcedor caçadorense ao Estádio municipal Dr. Carlos Alberto da Costa Neves, as 16:30 horas a bola rola para o primeiro jogo da decisão do titulo do campeonato catarinense da divisão de acesso. As duas equipes que terminaram empatadas em números de pontos, apenas com a diferença no saldo de gols, onde o Jaraguá leva a vantagem de fazer o segundo jogo em casa no próximo sábado.

Um mil ingressos foram colocados a venda nesta semana nas Lojas Via Brasil, Posto Madeira e GeGnet e também com ações diretas da diretoria nas empresas, esse numero deve se esgotar até o final da manhã deste sábado, oque já esta garantido é uma grande festa do torcedor caçadorense neste domingo que também promete apoiar a equipe até o final. A expectativa da diretoria é receber aproximadamente três mil torcedores no Caldeirão da Baixada.

Carreata e motocada

Neste sábado as 15 horas terá uma carreata e motocada saindo em frente ao portão principal do estádio municipal percorrendo as principais ruas do centro e bairros da cidade.

O time

A equipe fez seu ultimo coletivo apronto na tarde desta sexta feira e a única dúvida ficou por conta da lateral direita, já que Alex Lira ainda sente a panturrilha esquerda e poderá desfalcar a equipe neste primeiro confronto, podendo aparecer no seu lugar dele o garoto Anderson Grilo. Nas demais posições o técnico Graniti manteve o suspense e disse que só ira anunciar o time no dia do jogo.

Torcida organizada Brigada Tricolor deverá fazer uma festa diferente nesta decisão, com muitas surpresas para o time e os demais torcedores, com cantos, gritos de apoio, batuque e luzes. Também os brigadianos estão se organizando com pelos menos dois ônibus para acompanhar o time no jogo da volta em Jaraguá no próximo sábado.

Arbitragem

Árbitro: Leandro Messina Perrone
Assistente 1: Josué Gilberto Lamin – cbf
Assistente 2: Joel Reis Alves Junior
4º árbitro: Jonas Estevão da Silva

Serviço do Jogo

Bilheterias abrem as 14:30
Valor do ingresso na hora: R$ 20,00
Estudantes e aposentados com carteirinha: R$ 10,00
Crianças até 7 anos com documento e acompanhadas dos pais não pagam

A BUSCA PELO TUTILO COMEÇA DOMINGO (21) EM CASA

Tricolor vence o Itajaí e pega o Jaraguá na final do catarinense

Jogando neste domingo no estádio Hercílio Luz o Caçador Atlético Clube derrotou o Itajaí (Oeste) por 1 a 0, o único gol da partida foi anotado pelo volante Maicon aos 30 minutos do segundo tempo.

Já na outra partida em Jaraguá do Sul os donos da casa golearam o Maga, pior time do Brasil por 6 a 0, com resultado a primeira partida da final acontece em Caçador no próximo fim de semana no Estádio Municipal Dr. Carlos Alberto da Costa Neves. O Sport Club Jaraguá joga a segunda partida da final em casa, em caso de prorrogação terá a vantagem do empate.

Torcida Brigada Tricolor promete invadir o caldeirão


A nesta segunda feira a diretoria promete visitar e obter o apoio dos empresários locais, afim de levar um grande numero de torcedores ao estádio no primeiro jogo da final da divisão de acesso.

A equipe deverá jogar completa as finais depois que alguns titulares cumpriram suspensão neste domingo.

Os trabalhos recomeçam já nesta segunda feira e devem ser centralizados no Caldeirão da baixada.

Vamos em busca desse nem que tenha que suar sangue no final (Josué)


Josué falou do momento, “chegou a hora de todo mundo dar o máximo, vamos em busca desse titulo, mas precisamos muito do nosso décimo segundo jogador, o torcedor tem que nos ajudar a lotar o nosso estádio, finalizou o capitão”.

Ingressos

Nesta terça começa a ser vendido o pacote único de ingressos antecipados nas Lojas Via Brasil, GeGnet e possivelmente no Posto Madeira Shell, o valor será de 15 reais antecipado e nas bilheterias no dia do jogo será cobrado 20 reais inteira e 10 reais a meia entrada.

Caçador perde o primeiro jogo da decisão

Time de Caçador saiu na frente, mas levou a virada depois da expulsão de Evandro
Caçador Atlético Clube e Biguaçu começaram neste domingo a decisão do Campeonato Catarinense da 3ª Divisão. Mesmo com o Estádio Municipal lotado, quem levou a melhor foi o time visitante ao vencer por 2 a 1. O CAC até saiu na frente, mas ficou com um jogador a menos no segundo tempo e o Biguaçu conseguiu a virada.

O jogo

Sob sol forte, o jogo começou bastante disputado no setor do meio campo. Aos poucos o Biguaçu foi crescendo na partida e com mais posse de bola chegou a ameaçar o gol do CAC. Gilberto teve bastante trabalho, mas antecipou bem as jogadas aéreas e lançamentos.

O domínio do confronto mudou de lado a partir da metade do primeiro tempo, quando o Tricolor chegou a gol. Hédipo cobrou o escanteio e o zagueiro Thiago marcou de cabeça. 1 a 0. O gol animou os caçadorenses que passaram a pressionar o adversário. Carlos, Hédipo e Saddan obrigaram o goleiro Nei a fazer defesas difíceis. Edno carimbou a trave num chute de longa distância.

Na segunda etapa o técnico Rogério Prateat recuou Saddan e Carlos, deixando apenas o jogodor Linha no ataque. A tática não deu certo e o Biguaçu começou a pressionar. Pasa entrou no lugar de Henrique. Mas o lance determinante veio aos 15 minutos. Evandro perdeu a bola, fez falta e levou o segundo amarelo, sendo expulso de campo.

Com a desvantagem numérica, o time do litoral foi pra cima e chegou ao empate. Zé Neto subiu na primeira trave e mandou de cabeça pro fundo da rede. 1 a 1. O CAC fez mais uma alteração, saindo Linha e entrando Felipe. No entanto, foi aproveitando o buraco no setor defensivo dos donos da casa que o Biguaçu achou a virada. Rafael foi lançado, driblou o goleiro e tocou para o gol vazio: 2 a 1.

Prateat ainda tentou mudar a história do jogo trocando Carlos por Gean Michel. Mas a alteração não surtiu efeito. Antes do apito final Saddan e Hédipo quase empataram, este último em cobrança de falta no ângulo que o goleiro Nei salvou com a ponta dos dedos.

“A expulsão do Evandro foi determinante para a derrota. Fizemos um bom primeiro tempo, perdemos de ampliar o placar, e na segunda etapa pagamos o preço de jogar com um a menos. O time sentiu a expulsão, se desorganizou e só conseguiu voltar a pressionar no final”, avalia Prateat.

Para o treinador, o CAC tem condições de reverter a situação. “Já jogamos duas vezes em Biguaçu e fomos bem. Assim como eles ganharam aqui nós podemos ganhar lá”, comenta. Para a finalíssima, no próximo domingo, 18, o Tricolor terá a volta do zagueiro Josué e do volante Piter. Os caçadorenses precisam vencer no tempo normal e também na prorrogação.

CAC: Gilberto. Thiago, Diego e Junior. Henrique (Pasa), Hedipo, Edno, Evandro e Carlos (Gean Michel). Saddan e Linha (Felipe).

Tricolor enfrenta o Biguaçú neste domingo

Sem perder desde a segunda rodada, o Caçador Atlético Clube espera conseguir bom resultado contra o Biguaçú neste domingo. A partida será em casa e é válida pela última rodada do estadual

Neste domingo o Caçador Atlético Clube tem mais desafio importante na Divisão de Acesso do Campeonato Catarinense 2011. Em partida válida pela última rodada do turno da competição, o Tricolor do Contestado enfrenta em confronto direto a equipe do Biguaçú.
A diretoria espera um grande número de público, tendo em vista que o time vem de três vitórias consecutivas e vem conquistando a cada dia a confiança do torcedor. “Estamos preparando uma grande festa para este domingo, queremos ver o estádio cheio, pra assim empurrar o Tricolor para a Divisão especial do ano que vem”, revelou o presidente do clube, Denilson Araújo.

A torcida organizada Brigada Tricolor também já confirmou a presença na partida. “Vamos fazer muito barulhor e ‘infernizar’, os adversários com nosso grito de guerra”, garantiram os organizadores.
Os portões do estádio estarão abertos a partir das 14horas, haverá partida preliminar com as categorias de base do Caçador. Ingressos custarão R$ 10,00. Estudantes e idosos pagam a metade.

O time
Para a partida deste domingo, o técnico Rogério Prateat revelou que a escalação deve ser a mesma que enfrentou o MAGA e que o objetivo é vencer para se colocar de vez nas primeiras posições. “Sabemos que será difícil o MAGA vencer o Inter de Lages, porém vamos fazer nossa parte. Se tivermos um pouco de sorte, ainda temos condições de nos sagrarmos campeões do primeiro turno”, almejou o treinador.