Em um péssimo gramado, Tricolor perde para o Brusque e dá adeus ao Catarinense

Equipe de Caçador sentiu o campo pesado e não conseguiu bater equipe do Vale

DSCF0285 (2)

Em um péssimo gramado, com várias poças de água e sob uma forte chuva, o Caçador Atlético Clube perdeu para o Brusque por 3 a 1 e deu adeus ao Catarinense da Segunda Divisão.

DSCF0312 (2)

Precisando da vitória e de uma combinação de resultados, o CAC viu a equipe adversária e campeã do turno fazer 3 a 0. Mancha, aos quatro minutos, abriu o placar. No segundo tempo, ele voltou a marcar aos 11. Santos fez 3 a 0 aos 22 minutos.

O CAC descontou aos 37, em cobrança de pênalti de Sadan, mas não conseguiu avançar à segunda fase e terminou o campeonato na sexta colocação, com 26 pontos.

No próximo domingo começa o quadrangular com Brusque (campeão do turno), Atlético Tubarão (campeão do returno), Marcílio Dias (melhor colocado no índice técnico) e Concórdia (segundo melhor colocado no índice técnico).

O técnico Pedro Caçapa elogiou a equipe, que foi guerreira até o final. “Este campo atrapalhou e bastante a nossa equipe, mas acredito que todos estão de parabéns, porque buscaram o resultado até o último minuto”, destacou.

DSCF0288 (2)

O presidente da equipe, Denilson Araújo, lembrou que o objetivo da equipe é subir para a 1ª Divisão em 2014, mas ressaltou a chance que se teve ainda neste ano. “Estávamos nesta última rodada brigando para subir e isso deve ser destacado”, completou.

Copa Santa Catarina

O presidente do CAC, Denilson Araújo, garantiu que esta semana será de definições quanto a uma possível participação na Copa Santa Catarina, que inicia em outubro. Segundo ele, é necessário verificar a questão financeira para saber as reais chances da equipe.

“Se entrarmos nesta competição, não será apenas para participar, mas para ir em busca de bons resultados”, afirmou.

créditos: Noticia Hoje

Tricolor vence e mira a classificação

Caçador derrotou o Canoinhas por 2 a 0 e na última rodada recebe o Brusque

O Caçador Atlético Clube venceu o Canoinhas por 2 a 0 na tarde deste domingo, 25, na penúltima rodada do returno da Divisão de Especial do Catarinense. Com o resultado, o Tricolor chegou aos 26 pontos na tabela e segue com chances de classificação para o quadrangular final. No próximo domingo, 2, os caçadorenses recebem o Brusque.

DSCF0260

Na tabela geral o Caçador aparece na 6ª colocação, pois a Federação Catarinense de Futebol ainda não oficializou a perda de pontos de Concórdia, Brusque e Hercílio Luz. As três equipes já foram penalizadas pela Justiça Desportiva, mas entraram com recurso. O Imbituba também pode sofrer punição por ter escalado um jogador irregular.

DSCF0262

“Vamos fazer a nossa parte e trabalhar para vencer o jogo contra o Brusque em casa no próximo domingo. Acredito que a Federação não deixe passar dessa semana os julgamentos, caso contrário a competição corre o risco de ficar parada”, resumiu o presidente, Denílson Araújo.

Segundo o site Futebolsc.com, o julgamento do recurso de Brusque, Concórdia e Hercílio Luz deve acontecer quinta-feira, 29, no STJD, no Rio de Janeiro.

Times que podem perder pontos

Concórdia – 21 ptos
Brusque – 6 ptos
Hercílio Luz – 12 ptos
Imbituba – 9 ptos

O jogo

Numa tarde fria e com poucos torcedores no Estádio Municipal, o Caçador não fez um bom primeiro tempo. A equipe apostou em lançamentos em direção à área do Canoinhas, mas o time visitante levou a melhor em todos os lances.

A jogada de mais perigo na primeira etapa foi uma cobrança de falta de Sadan. O atacante acertou o canto, mas o goleiro Rudy se esticou para fazer a defesa.

Na segunda etapa o Tricolor melhorou e foi pra cima do Canoinhas. E a pressão deu certo. Aos 9 minutos, num escanteio a bola sobrou para o zagueiro Thiago que chutou cruzado achando Rilber no segundo poste. O camisa 7 só escorou a bola para o fundo das redes. 1 a 0.

O segundo gol saiu aos 24 minutos com Sadan. O camisa 11 acertou um chute forte em cobrança de falta. A bola ainda quicou na grama e tirou as chances de defesa de Rudy. 2 a 0.

Do lado do Canoinhas Jairo fez o goleiro Charles trabalhar. O camisa 9 chutou no canto para defesa da arqueiro do CAC.

No final as equipes ainda tiveram uma chance cada. Para o Caçador Lenno chutou sozinho para defesa do goleiro Rudy. E para o Canoinhas Conca desperdiçou de cabeça depois que Wilian carimbou o travessão.

Anderson (branco) foi perfeito na marcação

Anderson (branco) foi perfeito na marcação

Com uma destacada atuação o lateral Anderson Chapecó foi escolhido o destaque da partida e recebeu um presente da Optica Precisão.

CAC: Charles, Acácio, Thiago e Hugo. Anderson, Bahia (Pasa), Rilber, Tatico (Clebinho) e Edinei. Neto Brasão (Lenno) e Sadan. Técnico Pedro Caçapa.

 

Tricolor volta a jogar em casa no domingo

Caçador enfrenta o Canoinhas e precisa vencer para continuar na briga

Depois de três jogos fora, o Caçador Atlético Clube volta a atuar em casa na 2ª Divisão do Catarinense. No próximo domingo, 25, às 16h, o Tricolor recebe o Canoinhas, precisando vencer para continuar com chances de classificação para o quadrangular final.

No momento o CAC está em 5º lugar na classificação geral com 23 pontos, mantendo uma disputa direta pela quarta vaga com o Imbituba, também com 23 pontos. Já o Canoinhas não tem chances de classificar por índice técnico e aposta todas as fichas no returno. O time do Planalto Norte tem 11 pontos, quatro a menos do que o líder Marcílio Dias.

“Não esperamos um jogo fácil. Em Canoinhas já tivemos dificuldades e agora eles vem embalados com uma goleada na última rodada. Precisamos estar focados 100% para conseguir a vitória, pois é o único resultado que nos interessa”, disse o técnico Pedro Caçapa.

O treinador do CAC comemorou a volta da confiança por parte dos jogadores, destacando os dois últimos jogos na competição. “Jogamos bem contra o Porto e vencemos. Jogamos bem contra o Imbituba e empatamos fora. Estamos numa sequência positiva. Agora é seguir trabalhando com alegria e dedicação, esperando fazer um grande jogo domingo”, acrescentou.

No treino desta quarta-feira, 21, Caçapa manteve o esquema com três zagueiros, com Thiago entrando no lugar de Josué, que está suspenso. No meio campo Pasa treinou na vaga de primeiro volante. Porém, Bahia, poupado, deve ser o titular domingo. Na ala direita Alex Lira continua lesionado e Anderson ocupa a posição. No ataque Neto Brasão será o companheiro de Sadan.

O meia Ildemar, que discutiu com o técnico Caçapa antes de viagem a Imbituba, não treina mais com o Caçador e deverá retornar ao Avaí. O treinador minimizou o problema.

“Infelizmente foi uma situação chata que ninguém gostaria que tivesse acontecido, mas agora é coisa do passado. Temos que superar isso e ter concentração total nesses dois jogos que faltam”, comentou.

Time provável: Charles. Acácio, Thiago e Hugo. Anderson, Bahia, Rilber, Tatíco e Edinei. Neto Brasão e Sadan.

Arbitragem

Data – 25/08/2013 – Domingo –  16:00 hs – Estádio: Carlos Alberto Costa Neves – Caçador

Arbitro: João Fernando da Silva
Assistente 1: Clovis Rogério Gugel
Assistente 2: Ismael Rodrigo de Moura
4º Árbitro: Jonas Estevão da Silva
Avaliador: Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Delegado: Arai Fávero Stelio
Sorteio: Robson Ramos

Próximos jogos

8ª rodada – Returno

23/08
Brusque x Hercílio Luz
24/08
XV de Indaial x Imbituba
25/08
Concórdia x Porto
Caçador x Canoinhas
28/08
A. Tubarão x Marcílio Dias

9ª rodada – Returno

01/09
Caçador x Brusque
Hercílio Luz x Concórdia
Porto x Imbituba
Marcílio Dias x Canoinhas
XV de Indaial x A. Tubarão

Caçador e Imbituba empatam em 1 a 1

Tricolor saiu na frente com Hugo, mas sofreu empate e permanece colado no G4

 

O Caçador Atlético Clube empatou com o Imbituba em 1 a 1 na manhã deste domingo, 18, pela sétima rodada do returno da Divisão Especial do Catarinense. O jogo foi disputado às 10h30 no estádio Emília Rodrigues, na cidade do sul catarinense. O resultado foi melhor para o Imbituba que se mantém na 4ª colocação geral da tabela com 23 pontos. O Tricolor tem o mesmo número de pontos, mas perde no critério vitórias (7 a 6).

No jogo, o Caçador saiu na frente aos 20 minutos do 1º tempo com o zagueiro Hugo de cabeça. Na segunda etapa, aos 33 minutos, Alan empatou a partida:. 1 a 1.

Hugo autor do gol do Tricolor

Hugo autor do gol do Tricolor

CAC: Charles. Acácio, Josué e Hugo. Anderson, Bahia, Rilber, Tatíco e Edinei. Lenno e Sadan. Entraram Pasa, Jonnhy e Neto Brasão.

No próximo domingo, 25, o Caçador recebe o Canoinhas. E no dia 2 de setembro, novamente em casa, o Tricolor pega o Brusque, no encerramento da primeira fase da competição.

Classificação geral

Marcílio Dias – 30 pontos – 15 jogos
Tubarão – 27 pontos – 16 jogos
Brusque – 24 pontos – 15 jogo
Imbituba – 23 pontos – 16 jogos
Caçador – 23 pontos – 16 jogos

Caçapa tem “dor de cabeça” boa para escalar o time

Técnico comemora retorno de atletas lesionados e suspensos

 

Depois de três jogos com dificuldades para escalar o time, o técnico Pedro Caçapa agora tem uma “dor de cabeça” boa. Com a volta de atletas lesionados e suspensos, o treinador do CAC terá mais opções para mandar a campo a melhor equipe domingo às 10h30 contra o Imbituba, fora de casa.

foto1
clique na foto para ampliar

Para o jogo contra um adversário direto na tabela da Divisão Especial do Catarinense, Caçapa conta com a volta do volante Rilber e do zagueiro Hugo (ficaram fora por suspensão), além do lateral Edinei e do meia Ildemar, recuperados de lesão. Thiago é a única ausência por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

“É o que todo técnico quer, ter opções de qualidade para escalar o time da melhor forma e ainda ter boas peças de reposição no banco. Espero fazer as escolhas certas durante a semana”, disse.

O que está confirmada é a formação com três zagueiros. “Gostei da atuação do time contra o Porto, o Josué e o Acácio foram bem e sofremos menos riscos. Agora volta o Hugo e se nada anormal acontecer na semana devemos jogar nesse esquema”, revelou.

A principal dúvida do técnico tricolor está no meio campo, onde cinco jogadores disputam três vagas: Pasa, Bahia, Rilber, Tatíco e Ildemar.

Na ala esquerda a volta de Edinei é certa e na ala direita Anderson deve atuar caso Alex Lira não tenha condições. O camisa 2 saiu machucado da partida contra o Porto.
No ataque a tendência é a manutenção da dupla Sadan e Lenno, com Neto Brasão na reserva. O ataque do Caçador não marca um gol há seis jogos. O último foi de Sadan contra o Brusque, ainda no turno do campeonato.

Na tabela de classificação geral da Divisão Especial, o CAC tem 22 pontos e está em 4º lugar, ocupando no momento a última vaga para o quadrangular final. O Imbituba tem 19 pontos com um jogo a menos (recebe o Marcílio Dias nesta quarta-feira dia 14).

“Conversei bastante com os atletas e eles sabem da importância do jogo com o Imbituba. É o momento que pode mudar muita coisa na vida deles. Pedi a eles concentração e trabalho duro durante toda a semana”, finalizou Caçapa, enfatizando que a vitória contra o Porto deu mais confiança ao grupo.

Tricolor vence o Porto fora de casa e entra no G4

Equipe de Caçador contou com apoio da torcida para fazer 2 a 0

DSCF0168

O Caçador Atlético Clube voltou a vencer na Divisão Especial do Catarinense. Em União da Vitória, o tricolor fez dois a zero no Porto, somando 22 pontos na classificação geral e entrando no G4. Agora o CAC seca o Imbituba que na quarta-feira recebe o Marcílio Dias.

DSCF0193

Os gols da partida foram marcados por Tatíco, aos 2 minutos do segundo tempo. O Porto teve a chance do empate aos 38 minutos, depois que Josué cometeu pênalti. Mas o jogador Dudu bateu na trave e desperdiçou a cobrança. Nos acréscimos, Anderson fez o segundo e decretou a vitória do Caçador.

Destaque para os mais de 30 torcedores do Caçador Atlético Clube que viajaram para apoiar o time em União da Vitória. A maioria deles era da organizada Brigada Tricolor.

DSCF0202

No próximo domingo, dia 28, o Caçador tem um confronto direto com o Imbituba, no Emília Mendes Rodrigues, enquanto o Porto recebe o Brusque, no Antiocho Pereira.

Ficha técnica: Porto 0 x 2 Caçador

Local: Antiocho Pereira, em União da Vitória (PR).
Data: 11/08/2013 (domingo).
Horário: 16h (de Brasília).
Arbitragem: Clodoaldo Jusviack, auxiliado por Thiago Americano Labes e Antonio Lourival da Luz.
Cartões amarelos: Acássio, Alex Lira, Lenno (Caçador).
Gols: Tatíco, a 1’/2º tempo, Anderson, aos 48’/2º tempo (Caçador).

Porto
Janderson; Pit, Rodrigão e Maurício (Criciúma); Dieguinho, Richard, Cleitinho, Dudu e Mário Sérgio; João Leandro e Alan.
Técnico: Adriano Kanaã

Caçador
Charles; Alex Lira (Anderson), Thiago, Josué e Jhonny; Acássio, Pasa, Bahia e Tatíco; Sadan (Clebinho) e Lenno (Neto Brasão).
Técnico: Caçapa

CAÇADOR vai jogar com três zagueiros

“Josué”, ídolo da torcida e capitão da equipe nos últimos anos volta depois de 45 dias

O Caçador Atlético Clube fez na manhã desta sexta-feira, 9, o último treino preparativo para o jogo contra o Porto, domingo (11) em União da Vitória (PR). O técnico Pedro Caçapa mandará a campo uma equipe com três zagueiros.

Tive uma semana especial, estarei mais feliz neste domingo,"Josué"

Tive uma semana especial, estarei mais feliz neste domingo,”Josué”

A principal novidade é a volta do capitão Josué, que ficou mais de 45 dias afastado dos gramados devido a uma lesão muscular. Acácio e Thiago completam o setor, já que Hugo está suspenso.

Edinei e Ildemar não jogam

O lateral esquerdo Edinei e o meia Ildemar são desfalques para a partida. Os atletas seguem no departamento médico. Nesta sexta-feira os dois realizaram atividades de fisioterapia e devem retornar ao time na próxima rodada, contra o Imbituba.

Quem também está fora é o meia Rilber, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

As boas notícias são as voltas do goleiro Charles, que cumpriu suspensão contra o Indaial e o atacante Neto Brasão, recuperado de lesão. Neto, porém, deve começar o jogo no banco de reservas.

Porto está a 10 partidas sem vencer

O Porto começou a Divisão Especial do Catarinense de forma avassaladora, liderando até a 6ª rodada do turno. Depois, a equipe de Porto União caiu de rendimento e não vence há 10 jogos.

Na classificação geral o Porto é o 6º colocado com 15 pontos. O CAC é o 5º com 19 pontos. No returno o Caçador tem 5 pontos e o Porto é o lanterna com zero.

Treinos finais para jogo deste domingo ocorreu na manhã desta sexta

Treinos finais para jogo deste domingo ocorreu na manhã desta sexta

Confronto decisivo

O Tricolor encara o jogo contra o Clube do Porto como uma decisão.  Uma vitória deixará o time em condições de brigar pela vaga no quadrangular final, além de dar confiança para o confronto direto contra o Imbituba, dia 18, fora de casa.

Time do técnico Caçapa pela primeira vez jogará com três zagueiros

Time do técnico Caçapa pela primeira vez jogará com três zagueiros

Time provável: Charles, Thiago, Josué e Acácio. Alex Lira, Pasa, Bahia, Tatíco e Jonnhy. Lenno e Sadan.

Torcida Brigada Tricolor

Torcedores de Caçador, especialmente os membros da torcida organizada prometem ir até União da Vitória apoiar os guerreiros caçadorenses.

XV surpreende e derrota o Caçador

Abner e Jeremias fizeram os gols do 2 a 0. Foi a segunda vitória do XV na temporada

O XV de Outubro, que deixou a lanterna após os julgamentos no TJD mas permanece com a pior campanha dentro de campo, recebeu o Caçador no estádio Gigante do Vale, em Indaial.
DSCF0077
O rubro-anil indaialense, que vem de goleada sofrida para o Marcílio no meio da última semana, surpreendeu e derrotou o Caçador, que está no G4 da competição.

Os gols da segunda vitória do XV na competição foram marcados por Jeremias e Abner. O XV foi a 8 pontos, e é momentaneamente o oitavo colocado na classificação geral, devido às punições aplicadas ao Concórdia e ao Hercílio. Caso contrário, o XV continuaria na lanterna mesmo com a vitória de hoje. Já o Caçador permanece com 19 pontos na soma geral, no G4. No returno, o XV tem 6 pontos, contra apenas 5 do Caçador.
DSCF0072
Na próxima rodada, o XV vai a Tubarão encarar o Hercílio Luz, no domingo (11) às 16h. No mesmo horário, o Caçador enfrentará o Porto, na fronteira PR/SC, em União da Vitória.

DM veta o Edinei que fica fora por duas semanas

Tricolor do Contestado com desfalques neste sábado

Depois a avaliação na manhã desta sexta feira pelo Dr. Rodrigo Dall’Agnol onde ficou constatado a lesão direito, o médico do Clube vetou o lateral para o jogo deste sábado em Indaial, Edinei fará um tratamento intensivo com Fisioterapeuta Rogério e deve fazer uma nova avaliação no dia 08 com Dall’Agnol. Já Neto Brasão esta liberado devendo fazer apenas reforço muscular e o meia Ildemar permanece ainda em tratamento por pelo menos mais 10 dias.

 

Constatada a lesão Edinei fica fora neste sábado

Constatada a lesão Edinei fica fora neste sábado

Definição

Depois do treino na manhã desta sexta (02) o técnico Caçapa optou para o lugar de Edinei a inversão de Alex Lira na esquerda, entrando Anderson Chapecó na lateral direita. A comissão confirmou a estréia de Lenno no comando do ataque do Tricolor.

 

Classificação

O Caçador ocupa a quarta colocação no geral e vai em busca dessa permanência no jogo deste sábado contra o XV as 16 horas fora de casa.

 

Apito o jogo:

 Arbitro: Natanaa Everton da Silva Assistente

1: Eli Alves Assistente

2: Gianlucca Perrone Vasconcelos

4º Árbitro: Alexandre Daraio

Avaliador: Sandro Mattos

Delegado: Ricardo Tomas Moreira

03/08/13 – Sábado – às 16:00 hs – Estádio: Gigante do Vale – Indaial

Artilheiro do sul mato-grossense tem estréia garantida neste sábado

Josué já esta de volta aos gramados

 

O centroavante Lenno recém contratado pelo Tricolor devera ter sua estréia confirmada no jogo deste sábado (03) em Indaial. O maranhense de 21 anos é a nova esperança de gols do Caçador,  já que foi um dos artilheiros no campeonato da primeira divisão do Matogrosso do Sul este ano.

Lenno concentrado e a disposição de Caçapa

Lenno concentrado e a disposição de Caçapa

 

Lenno chega prometendo gols e o desejo de fazer história no futebol de Santa Catarina, “conheço muitos dos jogadores que hoje defendem o Caçador, inclusive o técnico Caçapa, por isso sabendo da qualidade do elenco e Professor me dando oportunidade, tenho a tranqüilidade para dizer que vou honrar essa camisa e dar muitas alegrias para todos os caçadorenses”, afirmou o artilheiro

Voltando

Vamos em busca desse nem que tenha que suar sangue no final (Josué)

Josué já treinou no coletivo da tarde desta quinta feira

 

O capitão da histórica conquista do Tricolor até aqui, zagueiro Josué, esta recuperado da lesão que o afastou por mais de 30 dias dos gramados, agora liberado pelo Dr. Dallagnoll o defensor alia o trabalho de fortalecimento com o fisioterapeuta Rogério e técnicos já com o treinador Pedro Caçapa que feliz com a boa noticia da sua volta